Atelier Montessori em Parceria com a Fundação GIRL MOVE

agradecimento_AF.jpg

Foi uma honra para o Atelier Montessori dar início ao seu ciclo de parcerias para a difusão do método Montessori em Portugal de braço dado com a Fundação GIRL MOVE, organização não governamental portuguesa.

A Fundação GIRL MOVE dedica-se a capacitar jovens e mulheres em Moçambique e trouxe a Portugal, nos passados meses de Setembro e Outubro de 2017, um grupo de 21 jovens moçambicanas para um programa de “estágios de vida”. Estes estágios realizaram-se num conjunto vasto de empresas portuguesas parceiras do projeto e foram organizados por áreas clusters, entre as quais a educação. Sob o lema "Ganhar o Mundo para Poder Transformá-lo", nesses estágios de vida as "GIRL MOVERS" foram acompanhadas por um grupo de mentoras.

No Atelier Montessori, recebemos duas moçambicanas licenciadas em Psicologia Educacional e Ensino do Português, pela Universidade Pedagógica de Nampula. Aqui fizeram um estágio de observação e uma acção de formação (workshop sobre os Princípios da Metodologia Montessori e algumas evidências científicas da neurociência). Podemos testemunhar durante o seu tempo de permanência no Atelier Montessori o dinamismo, o elevado sentido de responsabilidade, a criatividade, a facilidade de comunicação, a dedicação e a enorme vontade de aprender destas "GIRL MOVERS". Refira-se que o objetivo final deste Programa de Liderança e Empreendedorismo Social é o de capacitar as “GIRL MOVERS” para serem agentes de inovação social, com o poder e o conhecimento para transformar a sociedade em que se inserem. Ora, recordando o lema do último Congresso Internacional Montessori promovido pela Associação Montessori Internacional (AMI) no passado mês de Julho 2017, em Praga - Montessori Education for a social change - percebemos quão oportuno foi cruzarmos o projecto "GIRL MOVE" e o trabalho do Atelier Montessori em Portugal!

O método Montessori tem-se expandido em África nos últimos anos, como tem sucedido, aliás, na Europa e nos EUA, pela convicção profunda, que as neurociências têm vindo a confirmar, de que este método educativo pode efectivamente contribuir para a mudança social de que o mundo necessita – uma mudança para a paz no interior de cada um e no nosso planeta. Que possam levar Montessori a Moçambique e, desse modo, através da educação, contribuir para a mudança social de que o mundo necessita. Em última instância, para a Paz!